Ana Paula participa da criação de planos estaduais de educação, ciência e de juventudes

Atualizado: 2 de set. de 2020

A interlocução com a sociedade e o Governo é uma das principais tarefas de um parlamentar estadual. A deputada Ana Paula Siqueira (Rede) acredita que essa ponte entre poder público e comunidade só consegue ser construída a partir da escuta da população e da participação popular. Ana Paula participa de dois Fóruns Técnicos na Assembleia Legislativa, um sobre ciência, tecnologia e inovação, e outro sobre juventude, que irão construir e nortear políticas públicas nestas áreas.

“Acredito que o desenvolvimento de qualquer Estado passa por esses dois campos de representatividade e participação. As juventudes têm que ter um papel de protagonismo, serem vistas e valorizadas com todas as suas diversidades. Políticas públicas, muitas vezes, são associadas a problemas, mas elas também têm um papel importante de promoção, inovação e renovação”, explica Ana Paula Siqueira, que é assistente social e professora.

Em fevereiro, a deputada participou de reuniões do Fórum Minas Gerais Pela Ciência – Por um Desenvolvimento Inclusivo e Sustentável, e do Fórum Jovens nas Gerais: Construindo o Plano Estadual das Juventudes. Os encontros contaram com diversos representantes da sociedade civil, de universidades, estudantes, associações, conselhos diversos, entre outros atores. A programação dos Fóruns e as formas de participar das discussões estão no site da Assembleia (www.almg.gov.br).

“A escuta acontecerá em diversas regiões e cidades do Estado, incluindo, claro, a capital. As pessoas também podem dar suas contribuições a partir de uma consulta pública que será disponibilizada no site da Assembleia, ampliando a participação popular”, destaca Ana Paula.

Ao final do trabalho dos dois Fóruns Técnicos, serão elaborados o Plano Estadual das Juventudes, prevendo ações para esta parcela da população, e o Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, para o desenvolvimento socioeconômico de Minas, de forma a reduzir as desigualdades social, de gênero e raça, e garantir a recuperação, conservação, proteção ambiental e sustentabilidade.


Ana Paula Siqueira em fala na reunião do fórum técnico
Crédito: Tâmara Teixeira


0 comentário