Auxílio de R$ 600 começa a ser pago dia 14/10: saiba se você tem direito e como será o pagamento


Deputada Ana Paula Siqueira fala no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais
Crédito da Imagem: Daniel Protzner / ALMG

O auxílio emergencial de R$ 600 para os mineiros e mineiras começa a ser pago no dia 14 de outubro. O benefício foi proposto e aprovado pela Assembleia Legislativa, sendo a deputada Ana Paula Siqueira (Rede) co-autora do projeto. O valor será pago em parcela única para cerca de 1,079 milhão de famílias que tenham renda per capita de até R$ 89, cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).


“Essa é uma conquista dos mineiros. É uma medida que leva dignidade às famílias diante de tantas vulnerabilidades, como o aumento do desemprego e a insegurança alimentar. A criação desse auxílio é uma das respostas que as deputadas e os deputados dão aos mineiros, inclusive diante da falta de ação do Estado”, afirma Ana Paula Siqueira.

A deputada, que é assistente social e educadora, lembra que já foram apresentados e aprovados outros diversos projetos de lei na Assembleia para diminuir os impactos desse período, como o que autorizou a suspensão de corte de água e luz em caso de inadimplência e o que criou desconto de impostos na cesta básica.


O auxílio emergencial, que recebeu o nome de Força Família, faz parte do Programa Recomeça Minas, que além da isenção de impostos, prevê descontos para o pagamento de dívidas com o Estado, e outras medidas para gerar emprego e renda, e aquecer a economia mineira.


O estudo “Alimento para Justiça”, da Universidade Livre de Berlim em parceria com a UFMG, revelou que em 60% dos lares brasileiros as pessoas estavam em insegurança alimentar, sem acesso em quantidade e qualidade de comida, uma situação em que a preocupação de que faltará alimentos compromete suas escolhas. A pesquisa descobriu ainda que a insegurança alimentar é mais grave em casas chefiadas por mulheres (73,8%).


Calendário de pagamento


O pagamento será realizado entre os dias 14 e 29 de outubro. De acordo com o cronograma, terão prioridade para receber as famílias que não têm o benefício do programa Bolsa Família e as famílias constituídas por mães solteiras e seus filhos.


Para saber se tem direito ao benefício, os interessados podem acessar o link www.auxilioemergencialmineiro.mg.gov.br e informar o número do CPF ou do NIS (Número de Inscrição Social), que pode ser consultado no Cartão Cidadão, no Cartão do Programa Bolsa Família ou no site meucadunico.cidadania.gov.br.


Confira abaixo o cronograma de pagamento:

Famílias prioritárias (que não recebem o Bolsa Família ou formadas por mães sozinhas):

​Mês de aniversário do responsável familiar

​Data de Pagamento

​Janeiro e Fevereiro

​14/10/2021

​Março e Abril

​15/10/2021

​Maio e Junho

​18/10/2021

​Julho e Agosto

​19/10/2021

​Setembro e Outubro

​20/10/2021

​Novembro e Dezembro

​21/10/2021

Demais famílias

​Mês de aniversário do responsável familiar

​Data de Pagamento

​Janeiro e Fevereiro

​22/10/2021

​Março e Abril

​25/10/2021

​Maio e Junho

​26/10/2021

​Julho e Agosto

​27/10/2021

​Setembro e Outubro

​28/10/2021

​Novembro e Dezembro

​29/10/2021

Informações Adicionais

O auxílio emergencial será pago exclusivamente em contas-poupança digitais da Caixa Econômica Federal, a conta “Caixa Tem”. Para quem já a possui, o benefício será depositado automaticamente. No entanto, para aqueles que ainda não possuem esta conta na instituição, será aberta uma conta automaticamente, que poderá ser movimentada pelo aplicativo de smartphone “Caixa Tem”.


Se o beneficiário não tiver celular, poderá comparecer a uma agência da Caixa ou a uma Casa Lotérica, com um documento de identificação com foto, para que possa fazer o saque do recurso.

2 comentários