Deputada luta contra retrocessos do Governo em Minas


Deputada Ana Paula Siqueira em manifestação junto aos catadores de recicláveis do CMRR
Crédito: Alê Ávila

A deputada Ana Paula Siqueira atua de forma firme para garantir a manutenção do Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), no Esplanada, região Leste de BH. Em 2019, a deputada participou de audiência na Assembleia Legislativa sobre a medida, e alertou sobre os impactos negativos, em especial, para a comunidade local. Outra decisão da gestão estadual que, para a parlamentar, também é um retrocesso é o fechamento maciço de escolas em horário integral.


“O CMRR tem função social importante, pois abriga cursos e recebe escolas para atividades de educação ambiental. O governo fala em economizar, mas a reciclagem é empreendedorismo e gera emprego, especialmente para mulheres”, defende Ana Paula que, junto com as associações de moradores e dos catadores de recicláveis, busca alternativa para manutenção dos trabalhos do CMRR.

A deputada apresentou, em 2019, uma emenda a reforma administrativa do Estado garantindo que o CMRR seja uma unidade da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, o que garantiu sua existência.


Sobre os cortes na escola integral realizados em 2019 pelo Estado, Ana Paula teve uma atuação forte.


“O Estado sabe da vulnerabilidade, violência e até o mundo das drogas que estas crianças podem ser inseridas sem ter a escola durante o dia? O que será do emprego dos funcionários e dos pais dos alunos?”, questionou ela.

0 comentário